Projeto FOCUS - Criação de modelo inovador para formar trabalhadores sociais nas competências " Life Skills"

A Desincoop – Desenvolvimento Económico Social e Cultural, CRL e os seus parceiros Associazione per la Mobilitazione Sociale Onlus (Itália); Cooperativa 3P (Itália) e Federatia Filantropia (Roménia) tiveram a sua segunda reunião transnacional do projeto FOCUS, em Guimarães, nas instalações da Desincoop, dia 20 de novembro de 2018 para discutir as fases de implementação de um modelo inovador para formar trabalhadores sociais nas competências LIFE SKILLS, que lhes permitam enfrentar novos e duradouros desafios.

A OMS definiu habilidades para a vida (Life Skills) como “as habilidades de comportamento adaptativo e positivo que permitem aos indivíduos lidar efetivamente com as exigências e os desafios da vida quotidiana” (OMS, 1994).

A OMS categorizou e destacou dez habilidades específicas:

1) Tomada de Decisão;

2) Resolução de Problemas;

3) Pensamento Criativo;

4) Pensamento Crítico;

5) Comunicação Eficaz;

6) Habilidades de Relacionamento Interpessoal;

7) Autoconhecimento;

( )Empatia;

9) Gestão das emoções

10) Gestão do stress

O Projeto FOCUS é financiado pelo Programa Erasmus + Parcerias Estratégicas, Ação-Chave 2 (KA2), Cooperação para a Inovação e Intercâmbio de Boas Práticas, teve início em janeiro de 2018, terá a duração de 26 meses e termina em fevereiro de 2020.

Durante os 26 meses de projeto, a parceria estará dedicada à produção de três produtos intelectuais (IOs) totalmente direcionados para a disseminação das LIFE SKILLS nos trabalhadores sociais.

A primeira reunião do projeto foi em Palermo, Itália no dia 24 de abril, onde foram definidas algumas linhas orientadoras para a produção do primeiro produto intelectual liderado pela Desincoop. O documento final será apresentado no evento multiplicador, que terá lugar em fevereiro de 2019, na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica de Braga com o objetivo de debater o impacto das LIFE SKILLS no trabalho diário dos/as trabalhadores/as sociais e de que modo estas competências causam impacto nos/as utilizadores/as dos serviços de ação social.

Nesta segunda reunião foi feito um balanço do desenvolvimento da revisão literária, da organização e resultados dos Focus Group que irão enriquecer o primeiro produto. O mesmo tipo de balanço foi feito em relação ao segundo Produto Intelectual, direcionado para a formação de formadores dos trabalhadores sociais a cargo do parceiro italiano, AMS.

No âmbito dos projetos Erasmus+, um produto intelectual é um produto tangível que é produzido por um determinado projeto e que pode ser quantificado; pode incluir produtos acessíveis como programas curriculares, estudos, relatórios, materiais, eventos ou sítios Web. Após a realização dos produtos intelectuais, serão realizados eventos multiplicadores que serão organizados para difundir mais amplamente os conteúdos dos produtos.

Poderá também gostar de:Poderá também gostar de: