• Destinatários Profissionais das seguintes áreas de atuação: área da justiça, segurança interna, profissionais não docentes, profissionais de saúde, CPCJ – intervenção com crianças e jovens e EMAT, RNAVVD, dirigentes, funcionários públicos, empregadores na área da comunicação e forças de segurança, nomeadamente GNR e PSP, Funcionários da Cruz Vermelha e Técnicos Superiores de Intervenção Social; Outros profissionais cuja atividade possa ter impacto na consolidação da perspetiva da Igualdade entre homens e mulheres; Outros profissionais que trabalhem ou venham a trabalhar na área da IG e Violência Doméstica.
  • Deter habilitações acadêmicas de nível superior na área das Ciências Sociais e Humanas ou outra formação académica o nível 3 – 12ºano, cumprindo no entanto com o estabelecido em referencial - “Exercer funções numa das respostas previstas nos artigos 60º, 61º, 61º-A e 62º da Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro, alterada e republicada pela Lei n.º 129/2015, de 3 de setembro.”
  • Deverá ser dada prioridade aos/às formandos/as que já se encontrem a exercer funções numa das respostas previstas nos artigos 60º, 61º, 61º-A e 62º da Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro, alterada e republicada pela Lei n.º 129/2015, de 3 de setembro e que ainda não tenham frequentado, com aproveitamento, a formação como Técnico/a de Apoio à Vítima. Área de formação Trabalho Social e Orientação Local onde a ação decorre
  • Alentejo - Online Período de realização da ação
  • A divulgar Horário 19h00-22h00 Observações Formação Gratuita Certificada (Online)
Formação em Especialização em Igualdade de Género com total de de 58h, com 3 aulas (3h/cada) por semana, em horário pós-laboral 19h00h às 22h00). Data a definir. Requisitos (obrigatórios): -Idade igual ou superior a 18 anos; -RESIDENTE NA ZONA ALENTEJO; - Deter habilitações acadêmicas de nível superior na área das Ciências Sociais e Humanas ou outra formação académica o nível 3 – 12ºano, cumprindo no entanto com o estabelecido em referencial - “Exercer funções numa das respostas previstas nos artigos 60º, 61º, 61º-A e 62º da Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro, alterada e republicada pela Lei n.º 129/2015, de 3 de setembro.”   Mais informações   Inscrições